Já sei o que você está pensando: “Nossa, que título exagerado! Mais uma vez ridicularizando a política da cidade”. Acalme-se caro leitor. Irei explicar esse título ao longo da publicação. Creio que, no final, você vai concordar comigo.

Chuva de indicações

Se não foi o recorde, foi algo perto. Na última sessão, nesta última terça-feira, o que não faltou foram indicações. Para quem ainda não tem conhecimento, os dois tipos de documentos mais elaborados pelos vereadores são:

  • Indicações: Como o próprio nome já diz, o vereador indica algo para a prefeitura, desde manutenção de ruas, limpeza de calçadas, obras a serem efetuadas, entre outros.
  • Requerimentos: Pedido de documentos, normalmente relacionados a prestação de contas, contratos, notas fiscais, entre outros.

Pois bem, agora que você já sabe diferenciar indicações e requerimentos, vamos ao que aconteceu. Só nesta última sessão foram dezenas de indicações elaboradas, Sim, dezenas. Grande parte dela direcionada à secretaria de infraestrutura, indicando a limpeza de ruas, calçadas e terrenos específicos. Convenhamos que, se fosse realizada uma indicação para cada rua na cidade que precisa de uma manutenção, iria faltar papel.

Vale ressaltar que o executivo não tem a obrigação de responder a indicação, assim como pode escolher em acatar ou não o que foi proposto pelo vereador.

Garopaba clama por socorro

Quem mora na cidade sabe. A lista de problemas cresce a um ritmo acelerado. E são nas mais variadas áreas, desde saúde pública até preservação do meio ambiente. Obviamente a situação preocupa. No uso da palavra nas explicações pessoais, procurei levar ao público as questões mais absurdas.

Um carro fantasma?

Essa história começa em novembro de 2019. Na ocasião, o Diretor Administrativo da COSIP, Gilmar dos Santos Ferreira, finalmente acatava o requerimento solicitando a presença na tribuna, visando esclarecer algumas dúvidas sobre o funcionamento do serviço de iluminação pública no município.

Durante o uso da tribuna, quando questionado se o setor possuía algum veículo, Gilmar enfatizou que o setor não tem e nunca teve um veículo, apesar de já ter solicitado um ao secretário de infraestrutura.

Gilmar dos Santos Ferreira afirmando que a COSIP não possui qualquer veículo.

Pois bem. Após esse uso da tribuna, em uma rápida pesquisa através do portal da transparência, encontrei. Como que um setor que não possui veículo gasta mais de R$ 22 mil em postos de combustível?

Os gastos são divididos em dois postos de gasolina da cidade.

Para confirmar a fala do diretor Gilmar, fiz questão de olhar na relação de veículos da prefeitura, onde realmente a COSIP não possui veículo a disposição! Sendo assim, apenas uma explicação é plausível: Um carro fantasma! Se não for isso, então os funcionários da COSIP resolveram inovar e começaram a beber gasolina. Vai ver isso faz bem para a saúde.

Vale ressaltar que essa dívida continua no ano de 2020, com R$ 2 mil já gastos em janeiro com combustível.

Para solucionar de vez todas essas dúvidas, resolvi elaborar um requerimento pedindo explicações do diretor Gilmar sobre essa situação. Infelizmente, como o vereador Luiz Bernardo (MDB) acabou discutindo sobre o requerimento, ele só vai para votação na próxima semana. Regras do regimento interno. Manobras para atrasar o envio do documento. Faz parte!

Então, o que você achou? Consegui explicar o título da publicação? Qual a sua opinião sobre este caso? Como está a iluminação pública em seu bairro?

Deixe seu comentário, ele é muito importante para esse blog.

Me siga nas redes sociais. #juntosSomosMaisFortes

Facebook: /juniorabreubento
Instagram: @juniorabreuoficial 
Youtube: Junior Abreu


4 comentários

Maíra Fontoura · 14 de fevereiro de 2020 às 14:19

O caso e tão absurdo que me faltam palavras! Não sei como pessoas assim dormem a noite… não tem princípios ! Mas está prestes a mudar tudo isso! Eu tenho certeza!

Denize de Souza · 15 de fevereiro de 2020 às 20:34

Eles deixam a desejar na cidade a muita sujeira em geral para onde está indo o dinheiro dos animais e dos jovens que recebem às calçadas estão precisando de reforma estão quebrados e suja coitado dos idosos e cadeirantese os turistas que caminhar por ela é vejam que não cuidarão das calçadas e também em geral da cidade de Garopaba pra mim os políticos que não cuidar bem dos animais não cuidar da cidade e nem do povo

Denize de Souza · 15 de fevereiro de 2020 às 20:40

Eles deixam a desejar com a cidade de Garopaba ela já é bela mais precisa de cuidados pra mim os políticos que não cuidar bem dos animais não consegue cuidar da cidade e do povo

Mauricio · 16 de fevereiro de 2020 às 10:52

É isto nobre vereador, precisamos de homens honesto como o Sr, a populaçao cansou de ladroes, parabens e va emfrente, que terás todo apoio..Parabés e confira o IPVA deste carro,multas etc…..kkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.