A tal calmaria acabou! Os últimos dias foram bem turbulentos em nossa política local. Além dos Créditos Adicionais Suplementares, tema de intenso debate pela população, a Secretária de Saúde utilizou a tribuna para tratar dos mais diversos assuntos.

Créditos aprovados. E agora?

Bem, para quem ainda não está por dentro desse assunto, na última segunda-feira ocorreu uma Sessão Extraordinária para a votação de três projetos, todos eles enviados pelo Prefeito Municipal, que movia valores entre pastas das secretarias. Devido a polêmica envolvendo esses projetos, fiz questão de gravar um vídeo especial explicando sobre um deles:

Minha opinião sobre um dos projetos de lei enviados pelo prefeito.

No final das contas, apesar de toda repercussão negativa, os projetos foram debatidos e aprovados. Segue explicação sobre cada um deles:

  • Projeto de Lei 70/2019: O mais polêmico de todos, tema do vídeo que gravei. Este projeto movimenta mais de R$ 700 mil para pagar o funcionamento da Coleta de Lixo e parcelas do empréstimo ao BADESC para pavimentação de ruas. O meu voto contrário ao projeto foi devido ao fato do projeto retirar, em sua grande parte, essa verba da educação, inclusive da educação especial. O vereador Guto (PP) acompanhou minha opinião, mas o projeto acabou sendo aprovado.
  • Projeto de Lei 73/2019: Com o mesmo propósito, porém muito mais simples. Este projeto movimentava valores dentro das pastas da saúde, sem qualquer ônus para outro setor. Projeto aprovado por todos os vereadores presentes.
  • Projeto de Lei 74/2019: Também polêmico, que esvaziava quantias de várias pastas para pagamento de folha salarial. O que mais irritou neste projeto foi a retirada de valores do cemitério municipal, onde muitas vezes a justificativa do poder público em não tocar no cemitério era a falta de verba. Conforme o Projeto de Lei 70/2019, o vereador Guto (PP) acompanhou meu posicionamento, mas o projeto foi aprovado pela maioria.

Em resumo, são projetos já rotineiros de fim de ano, onde o prefeito faz a limpa em pastas que não investiu, aplicando os valores para tampar os furos da gestão, como o pagamento de folha salarial.

Porém, o que causou a irritação nestes projetos foi o fato de ocorrer a retirada de valores de pastas essenciais para a população, como Educação Especial e Cemitério Municipal, onde até então a prefeitura afirmava não haver dinheiro para investir nestes ítens.

Mais um ano que se passa e o Cemitério Municipal não recebe qualquer atenção.

Vale ressaltar que os veradores Targino (PP) e Sérgio Jacaré (MDB) não estavam presentes na sessão.

Secretária de Saúde com a palavra

Já a sessão de terça-feira marcou a presença da Secretária de Saúde, Sra. Luciana de Abreu Corrêa. Na ocasião, ela esteve na tribuna por mais de trinta minutos, onde explanou sobre os mais variados temas relacionados a secretaria, desde o atendimento das unidades de saúde até os mais recentes empenhos na contratação de assessoria especializada.

Confira abaixo a fala na íntegra da secretária:

Uso da tribuna pela Secretária de Saúde na Sessão Ordinária de 19/11/2019

Alguns pontos a se destacar sobre a fala da secretária:

  • O horário de atendimento das unidades de saúde é de segunda à sexta, das 08h às 12h e das 13h às 17h;
  • Até dezembro deste ano, a Secretaria de Saúde é responsável pelo serviço de castração de animais. A partir de 2020 esse item deve ser realocado para a Secretaria de Agricultura e Pesca;
  • A políclínica possui disponível profissionais em quatro especialidades, são eles: Urologista, Ortopedista, Ginecologista e Pediatra;
  • A Secretaria de Saúde contratou um serviço de assesoria e informatização no valor de R$ 11 mil por mês, com o intuito de otimizar o processamento de dados relacionados aos atendimentos prestados, assim como procedimentos gerais da administração pública. Segundo a secretári, em um prazo de cinco meses será possível apresentar um estudo sobre as melhorias obtidas.
Como está a situação da saúde em nossa cidade?

Apesar de bem completa e embasada, a fala da secretária na tribuna nos dá a falsa impressão que está tudo mil maravilhas no setor de saúde de nossa cidade, porém é de ciência de todos que isso está longe de nossa realidade.

Qual a sua opinião sobre isso? Para você, como está o serviço de saúde de nossa cidade? Deixe seu comentário abaixo, participe!

Acompanhe as sessões

As sessões são transmitidas online pelo canal da Câmara Municipal no Youtube. Além disso, a Rádio Comunitária Garopaba FM 98.3 também está realizando a transmissão. São ferramentas muito importantes que ajudam a levar a informação a cada vez mais pessoas. A próxima sessão está marcada para terça-feira, 26/11, sempre a partir das 19h.

Claro que, mesmo assim, reforço o pedido a todos, que acompanhem presencialmente as sessões. Para mais detalhes confira a agenda da Câmara Legislativa.

Me siga nas redes sociais. #juntosSomosMaisFortes

Facebook: /juniorabreubento
Instagram: @juniorabreuoficial 
Youtube: Junior Abreu


1 comentário

Vandelino · 21 de novembro de 2019 às 14:13

Posto de saúde de areia de palhocinha uma bagunça precisei de atendimento de uma enfermeira devido uma cirurgia onde eu tava usando bouça de colostomia sem sucesso a enfermeira chefe e uma pessoa sem caráter deixar de nós atender para olhar roupas perfumes e etc tive que buscar ajuda em Imbituba onde fui muito bem atendido posto palhocinha e uma vergonha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.