Momento aguardado por muitos, ocorreu nessa semana a 2ª Reunião Ordinária da Comisão Especial, criada para investigar eventuais irregularidades em pagamentos realizados com a arrecadação da iluminação pública.

Como foi a reunião

A primeira parte da reunião foi destinada para explicar o motivo da criação da Comissão Especial, ou seja, qual a base de análise utilizada. Em resumo, a comissão entende haver a existência de compras superfaturadas de equipamentos utilizados na iluminação pública do município. Além disso, eventuais irregularidades no pagamento de ISS pela empresa Eletro Comercial Energiluz.

Após isso foi designado o vereador Guto como relator da comissão, que é o responsável por elaborar o relatório final de tudo que for analisado.

Em seguida foi aberta a palavra para os membros da comissão, assim como o assessor jurídico e a presidência da Câmara Legislativa. Cada um teve o espaço para expor a sua opinião sobre o tema debatido.

Por fim, foi explicado para a população um resumo de todo o material apurado pela comissão, os documentos analisados e pontos de irregularidades descobertos. Confira abaixo o vídeo na íntegra da reunião:

Reunião Ordinária da Comissão Especial – Parte 1
Reunião Ordinária da Comissão Especial – Parte 2

Ponto positivo

Sem dúvidas o grande destaque dessa reunião ficou por parte da população que se fez presente em bom número, exercendo o seu papel como cidadãos. A plateia participou, apoiou e ouviu todos os detalhes relacionados ao que aborda essa Comissão Especial.

A população da plateia teve, inclusive, a oportunidade de enviar questionamentos para a Comissão. Conforme regimento interno, todos os questionamentos foram anexados ao relatório, a ser preparado pelo relator.

Ponto negativo

Conforme já era de conhecimento, o prefeito municipal encaminhou um ofício impedindo a presença de qualquer servidor público convidado a prestar esclarecimentos. Infelizmente essa ação vexatória foi muito prejudicial para a reunião. Quem estava presente pôde notar que muitas das dúvidas levantadas poderiam ser facilmente sanadas por um dos responsáveis pelo setor.

Uma atitude como essa gera, no mínimo, desconfiança, onde a população acaba sendo a mais prejudicada, como sempre. Para isso serve aquela conhecida frase: quem não deve, não teme!

Próximos passos

Agora o relator da comissão, vereador Guto, fica responsável por elaborar um relatório com tudo que for investigado. Esse relatório será colocado em votação em sessão ordinária da Câmara de Vereadores. Caso aprovado, o relatório será encaminhado para a Procuradoria Geral de Justiça para as devidas providências, caso contrário o relatório é arquivado.

Acompanhe as sessões

As sessões são transmitidas online pelo canal da Câmara Municipal no Youtube. Além disso, a Rádio Comunitária Garopaba FM 98.3 também está realizando a transmissão. São ferramentas muito importantes que ajudam a levar a informação a cada vez mais pessoas. A próxima sessão está marcada para terça-feira, 13/08, sempre a partir das 19h.

Claro que, mesmo assim, reforço a todos que podem, que acompanhem presencialmente as sessões. Para mais detalhes confira a agenda da Câmara Legislativa.

Me siga nas redes sociais. #juntosSomosMaisFortes

Facebook: /juniorabreubento
Instagram: @juniorabreuoficial 
Youtube: Junior Abreu


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.