A eleição terminou! A velha política ainda não…

A eleição terminou! A velha política ainda não…

As sessões posteriores à eleição da mesa diretora mudaram radicalmente o clima dentro da Câmara de Vereadores. É muito claro, até para quem assiste as sessões, uma sensação tensa entre vereadores e até funcionários. Intrigas envolvendo a impugnação das eleições e  denúncias de vereador sugam a real necessidade da sessões, que é debater as necessidades da cidade. Sendo assim, gostaria de começar minha publicação com uma citação:

Você não vence quando se vinga. Você perde no momento que preserva o ódio.

Herenílson Ferreira

Porém, tentando deixar esse clima pesado um pouco de lado, vamos ao que realmente interessa, ou seja, o que foi debatido nessas últimas semanas.

Projetos de Lei Aprovados

  • 53/2018, que regulamenta um cargo no setor do Ipregoba. Ao todo, esse cargo traz um impacto financeiro de aproximadamente R$ 11 mil por ano. O projeto deve retornar para segunda a última votação;
  • 64/2018, de minha autoria, que obriga os professores de escolas a creches de nossa cidade a ter um curso de primeiro socorros. O intuito do projeto é capacitar nossos profissionais para atender situações de emergência que possam ocorrer com as nossas crianças. Com exceção dos vereadores Luizinho/PSB (se absteve) e do vereador Sid/PSD (VOTOU CONTRA!!), os outros vereadores votaram a favor do projeto;
  • 72/2018, que adiciona quatro novos cargos de recepcionista na prefeitura. Na discussão do projeto, enfatizei a falta de informações apresentadas, como detalhes destas vagas (para qual setor são estes cargos) e o impacto financeiro. Além disso, reforcei que o município já possui sete cargos efetivos de recepcionista e solicitei onde estes cargos estão sendo usados atualmente. Mesmo com o meu parecer contrário, o projeto foi aprovado por 5 votos favoráveis (Luizinho/PSB, Jair/PSD, Sid/PSD, Kido/MDB e Jacaré/MDB) contra 4 votos contrários (Micheline/MDB, Targino/PP, Guto/PP e Junior/PP). O projeto deve retornar para a segunda e última votação em uma outra sessão.

 

Mais um veto!

veto_mini
Fonte: fee.org

Pois bem, a onda de vetos do prefeito a projetos aprovados não para. E pensar que a maioria destes projetos vetados são de minha autoria…que coincidência né? O veto da vez foi do projeto relacionado à Câmara Mirim. Isso mesmo! O prefeito vetou o projeto alegando que “é papel da prefeitura criar projetos deste tipo”. Levei então este projeto de lei para o setor jurídico da Câmara, onde o mesmo apontou a LEGALIDADE do mesmo.

Com isso, vamos aguardar a votação do veto nas próximas sessões (espero eu), onde espero a colaboração de todos os vereadores para a derrubada do veto e a aprovação final deste projeto tão importante para toda a comunidade.

 

Os problemas de sempre

show_samu_C24ED948-0569-4586-87FB-B538B74A6F2E
A SAMU (ou a falta dela) ainda é assunto por aqui (Fonte: acritica.com)

No meu uso da tribuna levantei minha indignação sobre diversas situações de nossa cidade, muitos problemas que beiram o ridículo pela repetida cobrança, como se o poder público não enxergasse o óbvio bem a sua frente:

  • A SAMU encontra-se parada mais uma vez. É realmente uma vergonha essa situação ainda não ter sido resolvida. Ahh, e vale ressaltar que conversei com a Secretária de Saúde no dia 31/10, onde ela me colocou toda a dificuldade da secretaria junto ao estado. Além disso, combinamos que até o dia 25/11 o assunto será resolvido definitivamente. Vamos aguardar!
  • Mais uma vez o nosso CEMITÉRIO. Apesar de toda a minha cobrança nesses dois anos (sim, dois anos!!), o pode público simplesmente ignora os problemas do cemitério. Atualmente não se consegue mais enterrar e nem mesmo visitar um túmulo. Mais uma situação vergonhosa que infelizmente esta longe de ser resolvida;
  • Com relação a SC 434, cobrei providências dos responsáveis que prometeram esta obra. Após apurar algumas fontes, se tem a informação que essa obra deverá começar nos próximos dias. Esperamos por isso!
  • E o que falar das ESTRADAS DE TERRA de nossa cidade? Todos os bairros estão com problemas em suas vias. Como “solução”, é passada uma Patrola na estrada, onde alivia a situação até a próxima chuva. Falta desde o mais básico, como abrir as valetas para o escoamento das águas, até o mais concreto, como a elaboração de um plano de ação para essas vias. O pior de tudo é que o empréstimo de R$ 15 milhões já está disponível para uso, porém esperamos que não deixem para começar as obras novamente em ano de eleições.
  • Por fim, solicitei ações para os ABRIGOS DE ÔNIBUS de nossa cidade, onde, apesar de tais cobrança, nada vem sendo feito. Mas continuamos na luta!

 

<< CLIQUE AQUI PARA OUVIR O ÁUDIO DE MINHA FALA NA TRIBUNA >>

 

Enfim, acredito que há ainda muito que melhorar em nossa cidade, de muito mais a ser fiscalizado, o que é o trabalho de um vereador. Por mais que muitos achem isso, um vereador não faz obra, quem faz isso é o executivo (Prefeito). Cabe ao vereador fiscalizar, cobrar o que for correto e representar da forma mais limpa e transparente possível o povo que o elegeu.

E, para encerrar, termino da mesma forma que comecei, com uma citação para reflexão. Boa semana a todos! Abraço!

Devemos ter cuidado com pessoas que julgam as pessoas com facilidade. Geralmente são portadoras de problemas psicológicos que destilam este veneno procedentes de vida mal resolvidas, projetando nas pessoas problemas delas não conscientizados.

Duda Schneider

A próxima sessão está marcada para a próxima terça-feira (13/11), a partir das 20h, na Câmara Municipal de Garopaba.

Deixe sua opinião nos comentários, seja ela crítica, elogio, sugestão ou reclamação. Ela é muito importante para esse blog!!!

Junior Abreu

Junior Abreu

Formado em administração pela UNIVALI. Quinze anos de experiência no setor lotérico. Vereador na 14ª Legislatura (2017-2020). Prefeito Municipal de Garopaba (2021-2024).

Um comentário em “A eleição terminou! A velha política ainda não…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.